O segredo do fermento em bolos

Fazer um bolo, para muitos, não é fácil. Comprar pronto é muito mais cômodo, não tem sujeira, não gasta gás (…), porém aquele saído do forno, macio e com os recheios que você quer, tem um sabor irresistível e dá para fazer média de cozinheira (ou que sabe fazer alguma coisa) com amigos, paqueras e a família. Minhas dicas, dessa semana, são em relação ao fermento.

Um dos segredos do bolo é o fermento. Diferente do fermento biológico que é para pães (na maioria das vezes é vendido em saquinhos), o fermento químico para bolos e doces vem em latinhas. Eu, geralmente, compro Pó Royal ou Dr Oetker, que são muito bons. Fermentos muito baratos, talvez não darão um bom resultado final.

Sempre confira a validade do fermento na hora da compra, um bolo gasta muito pouco do pó (uma colher na maioria das vezes). Quanto maior a validade, melhor. Nunca use fermento vencido, melhor, nunca use ingrediente algum vencido. Antes de preparar a massa confira se o fermento está ‘funcionando’ com um teste simples: coloque meia colher de chá em um pouquinho de água. Um bom fermento borbulhará como um Sonrisal.

Outra dica importante é se conter em colocar mais colheres de fermento do que a receita manda. Todos sabemos que o milagre do crescimento do bolo é o fermento e dá uma vontade de colocar mais para vê-lo maior e mais fofo.  Porém, se você colocar muito fermento o bolo pode ficar com o gosto ou ficar muito macio a ponto de ‘quebrar’ demais, não dar para rechear ou cortar.

Nunca se esqueça que uma receita tem os ingredientes que deveriam ter, alguém já as testou. 2 copos de trigo, 1 de açúcar e assim por diante, são: 2 copos de trigo, 1 de açúcar. Assim, se você quiser diminuir ou aumentar a receita, o faça proporcionalmente. Tem gente que diminui o fermento e não o trigo e açúcar e vira um estrago.

Para finalizar, sempre coloque o fermento por último. Receitas que tem leite ou água quente podem fazê-lo fermentar e perder seus objetivos, então deixando-o por último dá tempo da massa estar em uma temperatura ideal (morno). A ação de bater muito para misturar os ingredientes também inutiliza o fermento; assim, quando na receita disser coloque todos os ingredientes e bata; bata todos os ingredientes, menos o fermento e depois o coloque.

Não se esqueça de dar um pedaço para as blogueiras, até a próxima!

About these ads

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Cíntia B.
    set 28, 2010 @ 18:15:20

    Ótima dica, meninas. Só faltou a receita de um bom bolo, né?

    Resposta

  2. Márcio Henrique
    set 28, 2010 @ 21:54:51

    O pão-de-ló não vai fermento rs, rs, rs, rs…
    Bolo de mandioca, bolo de arroz, bolo de milho…
    É só pedir que ensino receitas fáceis desse bolos (menos do bolo de arroz que é complicada: deixar o arroz de molho, socar, ralar a mandioca, fazer o angu…).
    Não sou solteiro mas me dou bem na cozinha… pelo menos quando o assunto é bolos e salgados… =)

    Bjos…

    Resposta

  3. doug
    set 29, 2010 @ 18:12:16

    Aaaaaeeeee agora assim q vcs postarem uma receita d bolo eu irrei saber fzr \o/ pq a tatica ninja da utilização do fermento ja dominei facil facil! =)

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: